Loading

Segurança nos Laboratórios

LABORATÓRIO DE ESTÉTICA FACIAL, CORPORAL E VISAGISMO

1.INTRODUÇÃO 

Toda e qualquer atividade prática a ser desenvolvida dentro de um laboratório apresenta riscos e estão propensas a acidentes. Devemos então utilizar normas de conduta para assegurar a integridade das pessoas, instalações e equipamentos. É importante manusear corretamente as substâncias cosméticas e equipamentos com os quais se vai trabalhar, a fim de evitar acidentes pessoais ou danos materiais. Neste contexto, é necessário saber os procedimentos gerais recomendados em casos de acidentes. Este manual é destinado aos acadêmicos dos Cursos de Estética e Cosmética e Fisioterapia, do Centro Universitário de Jales – UNIJALES, e tem por finalidade conscientizá-los quanto às normas de segurança, requisito básico para garantir a qualidade e a segurança no laboratório. A segurança é um direito e uma obrigação individual.

2. REGRAS BÁSICAS

• Estar consciente do que estiver fazendo, ser disciplinado e responsável;
• O acesso ao laboratório é restrito quando aulas estão em andamento; 
• Respeitar as advertências do professor sobre perigos e riscos; 
• Manter hábitos de higiene; 
• Não é permitido beber, comer e fumar, dentro do laboratório;
• É proibido o uso de celulares e fones de ouvidos; 
• Não usar sandálias ou outros sapatos abertos, 
• Usar preferencialmente calças compridas e jaleco na cor branco. 
• Tomar os devidos cuidados com os cabelos, mantendo-os presos;
• Guardar casacos, pastas e bolsas, nas áreas indicadas;
• Sempre usar material adequado e seguir o roteiro de aula prática fornecido pelo professor, nunca fazer improvisações ou alterar a metodologia proposta; 
• Ao derramar qualquer substância, providenciar a limpeza imediatamente, utilizando material próprio para tal; 
• Não jogar nenhum material sólido dentro da pia ou rede de esgoto comum; 
• Não trabalhar com produtos químicos sem identificação, ou seja, sem rótulo; 
• No local de trabalho e durante a execução de uma tarefa, falar apenas o necessário; 
• Nunca apanhar cacos de vidro com as mãos ou pano. Usar escova ou vassoura; 
• Ler com atenção os rótulos dos frascos e dos reagentes; 
• Utilizar sempre que solicitado luvas e óculos de segurança; 
• Caso você tenha alguma ferida exposta, esta deve estar devidamente protegida; 
• Conservar os frascos de produtos devidamente fechados; 
• O laboratório deve ser mantido limpo e livre de todo e qualquer material não relacionado ás atividades nele executadas; 
• Todos os materiais comuns e contaminados, devem ser corretamente descartados de acordo com as normas; 
• Cada equipe é responsável pelo material utilizado na aula prática, portanto ao término das aulas, limpar e guardar os materiais em seus devidos lugares; 
• No caso de quebra ou dano de materiais ou equipamentos, comunicar imediatamente ao professor ou ao técnico responsável; 
• Ao término da aula, desligar todos os equipamentos, ar condicionado, tomadas, ventiladores e luzes; 
• Em caso de acidentes, avisar imediatamente o professor ou técnico responsável; 
• O não cumprimento destas normas poderá acarretar punição ao aluno ou à equipe; 

Wederson do Livramento - Coordenador de laboratório e estágio de Estética e Cosmética 

LABORATÓRIO MULTIDISCIPLINAR 

Para a correta utilização do Laboratório Multidisciplinar da UNIJALES e para a prevenção de acidentes, as seguintes recomendações gerais de comportamento devem ser seguidas por todos os usuários: 

NORMAS GERAIS 

1. Assumir postura cuidadosa e responsável durante as experiências, através da concentração sobre o trabalho e o conhecimento sobre o mesmo; 
2. Seguir expressamente as orientações de aula do docente; 
3. Usar jaleco de mangas compridas abotoado, calças compridas, sapatos fechados e cabelos presos; 
4. Não usar relógio, anéis e pulseiras; 
5. Nunca comer ou beber no laboratório. 
6. Nunca pipetar produto algum com a boca; 
7. Não levar jamais as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manuseando produtos químicos; 
8. Não usar produto que não esteja devidamente rotulado; 
9. Verificar sempre a toxicidade e a inflamabilidade dos produtos com os quais se esteja trabalhando; 
10. Jamais trabalhar sozinho em um laboratório, o aluno deverá obrigatoriamente estar acompanhado por um docente responsável; 
11. Jamais manipular produtos inflamáveis perto de chamas ou fontes de calor; 
12. Nunca jogar reagentes ou resíduos de reações na pia, procurar sempre o docente ou a auxiliar docente para discutir o local correto de descarte dos produtos; 
13. Produtos corrosivos ou que penetram facilmente através da pele devem ser manuseados com luvas apropriadas; 
14. Lavar sempre as mãos após a manipulação de qualquer produto químico e ao término da aula; 
15. Produtos voláteis, tóxicos, reações perigosas e/ou explosivas devem sempre ser manuseados/realizadas em capela e em casos especiais, com máscaras de proteção adequadas a cada caso; 
16. Sempre identificar soluções preparadas com: nome do reagente, data de preparo, concentração e nome da pessoa que preparou;
17. Não utilizar telefones celulares e nem tirar fotos dentro do laboratório sem autorização prévia do docente;
18. Manter o tom de voz baixo, evitar gestos rápidos, não correr e nem ficar andando pelo laboratório sem necessidade durante a aula; 
19. Sempre usar equipamentos de proteção individual (jalecos, luvas, máscaras e óculos de proteção), respeitando a complexidade e riscos de cada aula; 
20. Em caso de acidente, mantenha a calma e chame o docente ou a auxiliar docente. 

NORMAS ESPECÍFICAS 

Manuseio do microscópio óptico 
O microscópio óptico é um instrumento de precisão que deverá ser utilizado com disciplina, cuidado e zelo, observando rigidamente as normas de conduta no interior do laboratório. 
Antes de iniciar o trabalho com o microscópio observe atentamente o seguinte: 

1. Verifique se o sistema de iluminação encontra-se na tensão mínima, caso contrário diminua até o mínimo e só depois ligue na tomada;
2. Acione o interruptor para posição “on” para acender a lâmpada do sistema de iluminação; 
3. Movimentar o revólver, colocando em posição a objetiva de menor aumento (4X); 
4. Tomar a lâmina com a lamínula para cima e colocá-la na platina, prendendo-a; 
5. Movimentar o charriot, fazendo com que o preparado fique imediatamente abaixo da objetiva e sendo atravessado pelo feixe de luz; 
6. Com o parafuso macrométrico, elevar a platina ao máximo, observando para que a objetiva não toque na lamínula, pois poderá quebrá-la; 
7. Focalizar a preparação para a obtenção de uma imagem nítida, movimentando o parafuso macrométrico e abaixando a platina até que se possa visualizar a imagem;
8. Ajustar o foco com o parafuso micrométrico; 
9. Colocar a região do preparado que se quer ver com maior aumento bem no centro do campo frontal da lente; 
10. Movimentar o revólver, colocando em posição a objetiva de 10X (aumento médio); 
11. Repetir o procedimento do item 7; 12. Colocar a objetiva de 40X (maior aumento) em posição e repetir o item 7; 
13. A objetiva de imersão (100x) é utilizada com óleo de imersão: gire o revólver no sentido desta objetiva; antes de dispô-la no eixo óptico, ponha sobre a preparação uma gota do óleo de imersão fornecido pelo docente ou pela auxiliar docente; em seguida gire a objetiva até que a mesma contatar o óleo; use o micrométrico para focar. 

LABORATÓRIO DE QUÍMICA E FÍSICA

Para a correta utilização do Laboratório de Química e Física da UNIJALES e para a prevenção de acidentes, as seguintes recomendações gerais de comportamento devem ser seguidas por todos os usuários: 

1. Assumir postura cuidadosa e responsável durante as experiências, através da concentração sobre o trabalho e o conhecimento sobre o mesmo; 
2. Seguir expressamente as orientações de aula do docente; 
3. Usar jaleco de mangas compridas abotoado, calças compridas, sapatos fechados e cabelos presos; 
4. Não usar relógio, anéis e pulseiras; 
5. Nunca comer ou beber no laboratório;
6. Nunca pipetar produto algum com a boca; 
7. Não levar jamais as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manuseando produtos químicos; 
8. Não usar produto que não esteja devidamente rotulado; 
9. Verificar sempre a toxicidade e a inflamabilidade dos produtos com os quais esteja trabalhando; 
10. Jamais trabalhar sozinho em um laboratório, o aluno deverá obrigatoriamente estar acompanhado por um docente responsável; 
11. Jamais manipular produtos inflamáveis perto de chamas ou fontes de calor; 
12. Nunca jogar reagentes ou resíduos de reações na pia, procurar sempre o docente ou a auxiliar docente para discutir o local correto de descarte dos produtos; 
13. Produtos corrosivos ou que penetram facilmente através da pele devem ser manuseados com luvas apropriadas; 
14. Lavar sempre as mãos após a manipulação de qualquer produto químico e ao término da aula; 
15. Produtos voláteis, tóxicos, reações perigosas e/ou explosivas devem sempre ser manuseados/realizadas em capela e em casos especiais, com máscaras de proteção adequadas a cada caso; 
16. Sempre identificar soluções preparadas com: nome do reagente, data de preparo, concentração e nome da pessoa que preparou;
17. Não utilizar telefones celulares e nem tirar fotos dentro do laboratório sem autorização prévia do docente; 
18. Manter o tom de voz baixo, evitar gestos rápidos, não correr e nem ficar andando pelo laboratório sem necessidade durante a aula; 
19. Sempre usar equipamentos de proteção individual (jalecos, luvas, máscaras e óculos de proteção), respeitando a complexidade e riscos de cada aula; 
20. Em caso de acidente, mantenha a calma e chame o docente ou a auxiliar docente. 

Desenvolvido por Tribo Propaganda