Loading

Notícias

image

Alunos de Ciências Biológicas são premiados em Concurso Literário

Na última quarta-feira, dia 17 de novembro, alunos do curso de Ciências Biológicas da Unijales foram premiados no 7º Concurso Literário, realizado pela Casa do Poeta e Escritor de Jales, com apoio da Prefeitura Municipal de Jales.
Os alunos Geice Elen Ravani e Catarino Dutra, com o poema Lágrimas de um Adeus, foram premiados no quesito Destaque Universitário.
O concurso literário foi lançado no dia 13 de abril, em comemoração ao aniversário de Jales, e ocorreu de forma online, com o objetivo de despertar o interesse dos alunos à prática da escrita. A pandemia foi o tema abordado para o desenvolvimento das poesias. Alguns alunos também se destacaram pelos belos desenhos apresentados nas suas escolas.
Na cerimônia de entrega dos prêmios, foram convidados para compor a mesa, a Secretária municipal de Educação, professora doutora Adriana Juliano Mendes de Campos, a Presidente da Casa do Poeta e do Escritor de Jales, Marilene Pacheco Teubner, o Secretário municipal de Esportes, Cultura e Juventude Wilter Guerzoni e o Presidente da Câmara municipal, Bismark Kuwakino
Abaixo, o poema premiado.

Lagrimas de um adeus

Um sorriso que se foi,

Um adeus inesperado,

As lágrimas tomaram lugar da gargalhada,

A saudade tomou lugar do abraço.

As janelas onde entravam a luz do sol ao amanhecer

Se tornou a prisão de onde se olha o céu e uma tristeza imensa inunda o coração

Onde os pássaros já não cantam como antes.

Um único vírus e milhões de corações despedaçados!

Aquela agitada cidade,

Hoje um silêncio iminente

Tão quieto que se ouve o som do universo.

No silêncio da escuridão

Um grito de dor,

O desespero no olhar

No silêncio do mundo

A sirene ligada a velocidade de uma vida.

O último suspiro e um adeus

Sem poder se quer ver pela última vez.

Nesse momento não há preconceito,

Não há racismo, não há egoísmo,

Não foi escolhido cor, etnia ou classe social.

Será que após toda essa tempestade,

Após todo esse sofrimento,

Em toda essa escuridão,

Irá nascer um lindo dia?

Onde um novo recomeço

Brilhará em meio desta batalha

E com os joelhos ao chão, virá um suspiro de alívio....


Desenvolvido por Tribo Propaganda