Loading

Notícias

image

Alunos de Enfermagem publicam artigo em importante Revista Eletrônica

Neste mês de março, alunos do 10º semestre do curso de Enfermagem da Unijales tiveram um trabalho autoral publicado em uma importante Revista.
Os alunos Izabel Luiza dos Anjos Muniz, Sadrake Tarsis Porto e Viviane Araújo Cardoso escreveram e publicaram o artigo “A Síndrome de Burnout e suas particularidades em profissionais de enfermagem no serviço de pronto atendimento emergencial”. O trabalho foi orientado pela professora Enfermeira Rosimeire da Silva.
Esse trabalho foi publicado na Revista Eletrônica Acervo Enfermagem.
O objetivo desse trabalho foi reunir e revisar as possíveis reações psicoemotivas que permeiam as equipes de enfermagem e os fatores que desencadeiam a Síndrome de Burnout, principalmente no setor emergencial, pois estes profissionais estão constantemente em contato com elevados níveis de pressão e exigências do setor, estando propenso a apresentarem quadros de desgaste emocional consideravelmente mais intensos, o que pode levar à saturação do estado psicológico. Por meio dessa revisão narrativa, foi possível evidenciar as causas e as susceptibilidades trabalhistas específicas que predispõem ao surgimento desta patologia nos profissionais de enfermagem, assim como sugerir potenciais métodos de intervenção para reduzir os níveis de estresse ocupacional e, consequentemente, prevenir o desenvolvimento do distúrbio. Portanto, a Síndrome de Burnout é frequente e acomete muitos profissionais no ramo da enfermagem, no entanto essa ocorrência ainda é subestimada no Brasil. Diante disso, faz-se necessária a implementação de um diagnóstico efetivo do quadro patológico, para que a partir disso sejam implementadas medidas eficazes de prevenção e cuidados à saúde dos trabalhadores.
Os alunos afirmaram que com a conclusão do artigo, com base no desconhecimento do nível de ocorrência da Síndrome de Burnout no Brasil e seus respectivos impactos nos âmbitos social, salutar e econômico, faz-se necessária a reavaliação dos métodos diagnósticos do distúrbio especialmente para os profissionais da saúde, pois somente por meio da obtenção destes dados, será possível compreender a real proporção do problema e sugerir métodos eficazes que promovam um ambiente de trabalho saudável e seguro a todos.
Para a orientadora, Rosimeire da Silva, foi um trabalho árduo e prazeroso de realizar, em função a esse ser um assunto que está muito em alta, pois os profissionais que estão envolvidos com a Síndrome de Burnout na área emergencial, são extremamente sobrecarregados, exigindo de si muito esforço, tanto físico como mental.


Desenvolvido por Tribo Propaganda