Loading

Notícias

image

Inverno Quente

Na edição de domingo passado, dia 14 de maio, este jornal publicou Edital do Vestibular de Inverno para Ingresso no Centro Universitário de Jales, assinado pelo reitor Oswaldo Soler Junior

Se para este ou aquele leitor que só lê o título das matérias, aquela publicação foi apenas um ato oficial formalizando as regras de acesso à instituição, o buraco é mais embaixo.

Na verdade, os observadores mais atentos e que enxergam Jales com olhar macro haverão de concordar que aquele edital vai muito além de uma exigência da lei.

Ao contrário, na verdade, trata-se da sinalização de que o Unijales vem, com os pés no chão, reconquistando espaço não somente na cidade, como também na região, oferecendo aos interessados, de todas as idades, a oportunidade de aprimorar conhecimentos para disputar espaço no mercado de trabalho.

A frase anterior com a expressão “todas as idades” não é licença poética, mas, realidade pura, pois até a emissora de televisão de maior audiência regional, a TV Tem, deu generoso espaço para a performance de dois septuagenários, Osvaldo Pedro da Silva (77 anos) e Antonio Esquina Dias (74), prestes a concluírem o curso de Direito, cujo coordenador é o professor doutor Ian Matozo Especiato, de apenas 32 anos.

Voltando ao edital, são 21 cursos presencias, sendo 10 de Licenciatura (Ciências Biológicas, Educação Especial, Matemática, Pedagogia, Educação Física, História, Letras (habilitação Português/Inglês, Português/Espanhol e respectivas literaturas. E outros 11 em nível de Bacharelado ( Agronomia e Terapia Ocupacional, recentemente criados, além de Administração, Biomedicina, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Serviço Social, Estética e Cosmética)

Desta forma, readquirindo musculatura, o Unijales poderá ser um grande instrumento da consolidação de Jales como cidade centro de região, como já o foi no passado.

Os leitores e internautas na faixa de 20 a 40 anos talvez não saibam, mas em 1975, quando uma grande geada devastou os cafezais de Jales, afetando o faturamento das empresas, coube à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Jales segurar a onda e impedir um blecaute econômico, graças ao movimento gerado por seus milhares de alunos, inclusive dos estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.
_____________________________________________________________________________________________________
Editorial publicado originalmente no dia 22 de maio pelo Jornal de Jales

Link da publicação original: https://www.jornaldejales.com.br/editorial/21/05/2023/inverno-quente/

Desenvolvido por Tribo Propaganda