Loading

Notícias

image

Professora e alunos da Unijales acompanham rotina escolar das salas da EJA da E.E. Dr. Euplhy Jalles


 Nos dias 27 e 28 de abril, alunos dos cursos de Pedagogia, Letras, Matemática e História do Centro Universitário de Jales visitaram duas salas da EJA (Educação de Jovens e Adultos), na Escola Estadual Dr. Euplhy Jalles, acompanhados pela professora Tamar Naline Shumiski, durante as aulas de EJA (alunos de Pedagogia) e de Pesquisas e Práticas Educacionais II (alunos de Letras, Matemática e História).

As salas visitadas foram, no dia 27, o 11º Termo (Ensino Fundamental), pelos alunos de Pedagogia, e no dia 28, o 3º Termo (Ensino Médio).

 Durante a primeira visita, os estudantes de Pedagogia tiveram a oportunidade de conversar e conhecer um pouco mais da rotina dos alunos da EJA, fazendo perguntas sobre os motivos pelo qual precisaram adentrar ao ensino de forma mais tardia; o que pretendiam fazer, caso fossem dar no prosseguimento aos estudos; quais foram as dificuldades encontradas por eles nessa jornada, dentre outras questões. Uma aluna de Pedagogia relatou sua própria experiência com a EJA, as dificuldades enfrentadas e as conquistas, até chegar a cursar o Ensino Superior, que irá concluir este ano. Tal depoimento serviu como incentivo aos alunos, para continuarem e não desistir de seus sonhos. No final, todos cantaram uma música para encorajá-los a concluir a etapa e continuarem estudando.

 Já na segunda visita, os alunos de Letras, História e Matemática conversaram com os alunos do Ensino Médio da EJA. De acordo com eles, a experiência será inesquecível. Nesta sala, além de realizaram o mesmo trabalho que os estudantes de Pedagogia, os discentes tiveram o privilégio de encontrar uma aluna e um aluno surdos. Anteriormente, os futuros educadores haviam estudado um texto sobre as dificuldades que os alunos surdos da EJA enfrentam. Ao se depararem com eles, os estudantes fizeram questionamentos e ficaram encantados ao verem a determinação de ambos para concluir os estudos, mesmo diante de tantas dificuldades dentro do contexto pessoal, como, por exemplo, a aluna é casada, mãe de três filhos, e o aluno é totalmente surdo e mora em uma cidade distante de Jales. Na sala, estava a professora Fabiana, interlocutora de Libras, auxiliando os dois alunos.

 Ainda nesta visita, os alunos da sala fizeram um relato bastante interessante e triste: grande parte deles está ali porque recebem benefício do Governo, por alguma doença que os impossibilita de trabalhar. Para continuarem recebendo esse auxílio, precisam concluir os estudos e procurar um curso técnico ou universitário, caso contrário, o benefício será retirado.

 Os futuros professores vivenciaram na prática o que já haviam estudado na teoria, segundo os próprios alunos. “Acredito que, atualmente, os estudantes e professores universitários precisam repensar sua prática pedagógica, deixando cada vez mais os muros da escola e alcançando outros espaços sociais e escolares”, disse a Profa. Ma. Tamar Naline Shumiski.

 Os estudantes do Centro Universitário de Jales junto à Profa. Tamar que os acompanhou na visita fizeram um agradecimento especial à diretora Carina Rogéria da Silva Carvalho, às professoras Sandra Vomeiro e Denise Simone Pedro e à Iracema e Márcia, as docentes que oportunizaram o encontro tão rico para os futuros educadores.

Desenvolvido por Tribo Propaganda