Loading

Notícias

image

Projeto Ecoteca e responsabilidade ativa do curso de Pedagogia doa 250 brinquedos à comunidade

No sábado, dia 26 de junho, alunos do 2º e 3º ano do curso de Pedagogia, coordenado pela professora Mary Lizete Lourenço dos Santos e as professoras Daisy Romagnoli e Celia Zerbato, realizaram uma ação voltada para crianças de Jales e toda a região.
Durante toda a manhã, na praça João Mariano de Freitas, entregaram gratuitamente, 250 brinquedos confeccionados em disciplina remota.
O projeto teve a finalidade de fomentar vivências e práticas educativas numa perspectiva de educação ambiental, consonante com os princípios das Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Ambiental, Resolução CNE n°2, de 15 de junho de 2012, promovendo a formação consciente dos graduandos em Pedagogia, articuladas aos macroprojetos da Instituição Meio Ambiente e Sustentabilidade e UNIJALES na Comunidade.
Os alunos desenvolveram pesquisas sobre os princípios que norteiam a educação ambiental e sua importância na formação do pedagogo.
Foram construídos brinquedos não estruturados que, além de um convite à imaginação, reaproveitam materiais diversos, como por exemplo: garrafas pet, cartela de ovos, tampinhas de metal ou plásticas, etc, cujos destinos, comumente, são as latas de lixo. Práticas que propiciam reflexões sobre a reciclagem de materiais e, ao mesmo tempo, propiciam às crianças o desenvolvimento de habilidades educativas como a criatividade e a imaginação.
“Na história há uma intrínseca relação entre ser humano e o meio natural, desvelando a dependência do homem pela natureza. Infelizmente, a cada dia, a relação homem/natureza é agravada pela destruição em busca constante da dominação econômica, que visa o lucro e a produção desenfreada. Desse modo, os recursos naturais, utilizados em grande escala pelas indústrias não são renováveis, portanto, a crise ambiental que o planeta atravessa só poderá ser amenizada através da conscientização das pessoas, em todas as nações. Os mesmos avanços econômicos que trazem desenvolvimento e o bem-estar, destroem as reservas naturais, principalmente as dos países subdesenvolvidos, como o Brasil, onde a maior parcela da população encontra-se nas cidades. Esse fator acarreta, cotidianamente, crescente degradação das condições de vida, refletindo uma crise ambiental, portanto, torna-se necessária reflexão sobre as formas de pensar e agir em torno das questões ambientais, numa perspectiva contemporânea local e global.
Sem a preocupação e Educação Ambiental, impossibilitam a resolução de problemas ambientais crescentes e complexos, apresentando dificuldades de reverter causas que requerem uma mudança radical nos sistemas de conhecimento, dos valores e dos comportamentos gerados pela dinâmica de racionalidade existente.
Assim sendo, faz-se necessária e urgente a contribuição educacional para formação de uma geração consciente em relação ao seu papel como cidadão voltado para uma valoração ética, social, econômica e ambiental, direcionada a atitudes de preservação, para que as gerações futuras não sofram com a destruição ambiental. Assim por perceber a necessidade de um trabalho que aborde discussões de preservação ao meio ambiente, esse projeto buscou desenvolver cultura de sustentabilidade e colaborar na formação profissional dos docentes”, disse a professora Daisy Romagnoli
O desenvolvimento do projeto ocorreu em junho, mês em que se comemora a Semana do Meio Ambiente. Alunos e professores receberam elogios e agradecimentos carinhosos dos munícipes que por ali passaram e que receberam os brinquedos.


Desenvolvido por Tribo Propaganda